UM POUCO DE DRUMMOND PRA INICIAR BEM A SEMANA

DEIXO AOS MEUS QUERIDOS ESTUDANTES UMA POESIA CLÁSSICA DE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE, INCLUSIVE EU UTILIZO ESSA POESIA NUMA DE MINHAS OBRAS DE ARTE QUE SERÁ EXPOSTA NA NOSSA 1ª BIENAL ARTE GLEBA MÊS QUE VEM.


No meio do Caminho Tinha Uma Pedra

No meio do Caminho Tinha Uma Pedra

Tinha Uma Pedra No meio do Caminho

Tinha Uma Pedra

No meio do Caminho Tinha Uma da Pedra.

Nunca me esquecerei Desse Acontecimento

Na vida de minhas retinas fatigadas tao.

Nunca me esquecerei Que nenhuma Meio do Caminho

Tinha Uma Pedra

Tinha Uma Pedra No meio do Caminho

No meio do Caminho Tinha Uma da Pedra.

NAS PRÓXIMAS AULAS EXPLICO O QUE POR QUÊ DA ESCOLHA DESSE TEXTO...
BOM FIM DE NOITE E VAMOS COMEÇAR A SEMANA COM TODA FORÇA ...

VEJA TAMBÉM

1 comentários