Passeio Educacional no MUBE

por - 26 setembro

Olá aqui é professora Roberta e é com imenso prazer que vos falo pela primeira vez. =D

Então a história foi a seguinte:

No último dia 18/09 (quinta) fui com alguns alunos do 3ºA e do 3ºB ao MUBE (museus brasileiro de escultura). E foi simplesmente incrível!
Primeiro percorremos um percurso cheio de folhas e terra no espaço destinado a exposição "MANAUARA" da artista Ana Lívia Cordeiro que trazia fotos de índios de diversas tribos em seus atos cotidianos. Durante essa visita, nos foi entregue um espelho e fomos convidados a representar/interpretar as expressões faciais que estávamos vendo nas fotos expostas. Logo, postamos essas fotos no instagram do @educa_mube com a #marauara 

 

Em seguida, fomos para uma outra área do museu, onde acontecia a exposição "Brasil" de Eduardo Iglesias. Com pinturas em tela que interpretam as paisagens brasileiras de cada região. Essas telas vinham carregadas de cores e texturas. 


Na terceira parte da exposição fomos para o pátio externo do MUBE, para apreciar a exposição "RE-CICLOS - MUROS INVISÍVEIS" Que trazem bombonas recicladas com reprodução de fotos das pessoas que fazem parte da cooperativa. A partir dessa apreciação iniciamos uma série de discussões acerca das questões sócio-econômicas da obra. 


Na quarta e última parte da visitação, fomos á um terceiro salão interno, onde vimos a exposição do uruguaio Pablo Atchugarry "A VIAGEM PELA MATÉRIA" que trazia grandes esculturas em mármore e bronze cheias de texturas, reentrâncias, ângulos, sons, sensações, formas... 
Após apreciarmos as obras iniciamos uma série de exercícios. 
Os meninos fizeram parte da obra, entrando nela, tocando, sentindo, sendo a obra. As meninas tinham a missão de extrair o som da obra, para isso tocaram, bateram, ouviram até poderem verbalizar esse som. Isso tudo foi filmado e será editado pelo pessoal do @educa_mube e divulgado em cerca de um mês (quando sair posto aqui pra vocês). 
E pra fechar com chave de ouro, cada um de nós ganhamos um pedaço de cartolina colorida e devíamos relacionar a cor que nos foi entregue com alguma memória nossa e assim colocar nosso sentimento no papel, transmitindo nossa energia e moldando-o, amassando, transformando-o em uma escultura. 



Foi tudo muito bacana!
ADORAMOS e estamos prontos para o próximo...

PS. desculpem as fotos copiadas do Insta (não consegui salva-las de maneira adequada pra passar pro pc) 






VEJA TAMBÉM

0 comentários