ARTISTA DO MÊS - Fonte para estudos - Caderno do Aluno Volume 3

Irmãos Campana contam sua trajetória profissional em evento

Infância em Brotas foi fundamental no trabalho dos famosos designers Fernando e Humberto Campana. Eles também contaram o que vão levar para o Salão Internacional do Móvel de Milão 2009
Por Natália Garcia e Vivien Hermes

O arquiteto Fernando e o advogado Humberto Campana nasceram em Brotas, no interior de São Paulo, e conquistaram o mundo com suas peças ousadas, que exigiram adaptação nas indústrias de móveis e acessórios que quiseram reproduzi-las. Na noite da última quarta-feira, os irmãos Campana, como são conhecidos, contaram sua história – desde quando saíram da cidade interiorana até se tornarem designers famosos – na festa de lançamento da loja de revestimentos cerâmicos Mais, em São Paulo.

Humberto queria ser índio. Fernando, astronauta. Os irmãos faziam os próprios brinquedos desde criança, e a infância no campo foi determinante em seu trabalho. “A gente queria fazer uma fusão entre o caipira e o urbano”, contou Humberto.

Em toda sua trajetória, os Campana visaram a revolucionar a criação de peças de design. “Vivemos num país naïf, caótico, colorido, e logo percebemos que teríamos que trabalhar com a imperfeição”, contou Humberto. Essa é a grande característica que permeia todas as criações da dupla, como a cadeira Favela, de 1990, inspirada na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, que teve como método a colagem de pedaços de madeira OSB, de forma caótica. “Queríamos reproduzir a maneira como se forma a favela”, explicou Humberto. Também é o caso da cadeira Vermelha, clássico do design composto de 300 metros de corda trançada a mão. “Tivemos de fazer um vídeo para que a [empresa italiana] Edra entendesse como ela era feita”, brincou Fernando. Outros trabalhos derivaram do emaranhado de plástico da cadeira Corallo, como a sapatilha da Melissa, comercializada em larga escala.

Questionados sobre a crise mundial, os irmão se mostraram otimistas. “Estamos no ramo há mais de vinte anos e a situação hoje é fácil perto da década de 1980 no Brasil”, disse Fernando. “Continuamos trabalhando e produzindo: só com uma atitude positiva é que se vence a crise”, concluiu.

Além do trabalho com o design de produtos, a dupla já se meteu, inclusive, a desenvolver projetos de paisagismo. “O jardim de nossa casa foi feito por nosso pai, com a nossa ajuda”, lembrou Fernando. E foi assim que ambos concluíram a palestra – ressaltando a importância das raízes deles em sua atuação.

Os irmãos Campana prometem lançar quatro peças no Salão Internacional do Móvel de Milão deste ano: uma cristaleira, um armário, um espelho e um sofá. Acompanhe no Casa.com.br a cobertura do evento mais importante do mundo da decoração com notícias quentinhas todos os dias.

Fonte: http://casa.abril.com.br/



VEJA TAMBÉM

0 comentários