VOCÊ CONHECE AS PRODUÇÕES DE JUN NAKAO???



Modelo desfila roupa da coleção Verão 2004
Jum Nakao

Ano de nascimento: 1966

Local: São Paulo (SP)

Site oficial: www.jumnakao.com.br

Da redação
Apaixonado por tecnologia, o paulistano Jum Nakao chegou a cursar engenharia eletrônica, mas acabou optando por artes plásticas na Faap, faculdade da qual saiu em 1987 sem o diploma, por não ter feito as aulas de licenciatura. Era início dos anos 80 e a cultura underground fervia. Jum freqüentava o mítico Madame Satã, reduto da modernidade da época, e observava como o vestuário tinha a ver com as atitudes. Assim, entrou na moda pela possibilidade de transformação e libertação. 
A formação em moda veio em cursos no CIT, Centro Industrial Têxtil, onde aprendeu com professores como Marie Ruckie, Vera Lígia e Alba Noschese.

Em 1987, quando ainda não havia um circuito de desfiles no Brasil, juntamente com Walter Rodrigues e Conrado Segreto, integrou o projeto pioneiro Cooperativa de Moda, em que estilistas de grandes confecções mostravam trabalhos próprios.
Mas o reconhecimento público só veio quase dez anos depois, em 1996, no Phytoervas Fashion. Jum trabalhava na Carmin e desligou-se da grife especialmente para se dedicar ao evento. O desfile, inspirado em Bibelô, personagem do cartunista Angeli, foi uma grande vitrine. Logo em seguida o estilista foi convidado para entrar na Zoomp, onde passou seis anos como gerente de criação. 

Paralelamente a esse trabalho, ainda criou coleções para mais duas edições do Phytoervas e, de 1998 e 2000, participou da Semana de Moda Casa dos Criadores. 

Entre 2002 e 2003, fez parte do Hotel Lycra, como sócio-curador, convidado pela Dupont. E hoje, junto com a mulher Lelê, Jum concentra-se em sua própria marca, inscrita no Calendário Oficial da Moda - São Paulo Fashion Week desde 2002. 
Fortemente influenciado pela tecnologia, pela estética japonesa e pelos filmes de animação, seus desfiles já se tornaram um acontecimento cercado de grande expectativa. Performático, o estilista gosta de causar impacto, mas sempre com grande encantamento da platéia.

No início de 2004, por exemplo, no lançamento da temporada outono-inverno, criou e recriou looks em plena passarela, sobrepondo as roupas nos modelos. Em julho último, a coleção feita de papel e rasgada após o desfile repercutiu na mídia do Brasil inteiro, valendo um elogio da consultora de moda Glória Kalil: "Não foi um desfile de moda. Foi um desfile sobre moda".

Para a próxima coleção, Jum promete inovar novamente. "Vou fazer o lançamento do documentário do último ano. Todo o processo de criação, reuniões e concepção da coleção foram fotografados e filmados para lançarmos nessa edição, com um livro e um DVD", revela o estilista.

CONHEÇA A PÁGINA PESSOAL DO ARTISTA
http://www.jumnakao.com.br

VEJA TAMBÉM

4 comentários