Qual é a dessa tal de profissão?

Na fase da adolescência, o medo percorre o mundo de todos esses indecisos. Não são crianças, mas precisam de certos mimos, não são adultos, mas o mundo implora por uma incrível quantidade de responsabilidade [que quase ninguém nem ao menos sabe o que é]. E indo por esse caminho, nada melhor do que falarmos de um problema, um pesadelo, para todos aqueles que, como diria Adriana Falcão , "Indecisão é quando você sabe muito bem o que quer mas acha que devia querer outra coisa.". E não saber nem o que quer, nem muito menos essa outra coisa, dá um nó em qualquer um. Duvido existir alguém que nunca se preocupou com isso, não que eu conheça muita gente MAS... O problema é tão grande, que muitos desistem e acabam decidindo não fazer nada "Deixa que eu trabalho, e pronto, se eu não fizer faculdade, vai ser tudo mais prático"... Se você, caro leitor, pensa dessa forma, trate de chegar até o final desse texto,e descobrir que não é tão mais prático assim. 

Médico, professor, piloto de avião, engenheiro, mecânico, psicólogo, cozinheiro, hoteleiro, escritor, cineasta, marqueteiro, artista, e agora?O que dá dinheiro, ou o que eu gosto?E agora?  Engana-se se acha que essas opções não passam em um turbilhão de ideias pela cabeça de uma pessoa só. Passa, e sem a menor sombra de dúvida, ainda passam muitas outras tais profissões. 

O que assusta qualquer um, é acreditar que essa única profissão vai ser o que te dará caminho para o resto da vida, e todos nós sabemos que não necessariamente precisa ser assim. Já ouvi muito, meu caro leitor-se é que existe alguém que está lendo esse humilde text- que devemos fazer primeiro aquilo que dá dinheiro, e depois, "Vá ser feliz". Ou ainda, "De que adianta ter dinheiro se não é feliz?" E mais "Como você vai sobreviver sem dinheiro? Faça algo que dê dinheiro de segunda a sexta, e vá ser feliz gastando seu dinheiro no sábado e domingo" Pérola? Quem sabe; é apenas mais uma frase daquelas muitas que surgem quando o assunto é profissão. Mas de fato, não é necessário seguir a mesma profissão pelo resto da vida. Saiba do que mais, se você não gostar de uma primeira faculdade [acredite, meu amigo, a faculdade não é assim tão fácil. Na escola você nunca vê tudo o que você encontra em uma faculdade, {óbvio} e isso é o motivo de muitas desistências], você pode muito bem fazer outra, e outra, e outra, até que encontre sua real vocação. E ainda, isso tudo, enquanto você faz algum trabalho leve, que não te consome tanto; Confie, isso existe e está mais próximo de você, do que imagina!

Com o tempo tudo se resolve, porque sempre vai resolver! E enquanto não resolve, você pode ir tentando os tais testes vocacionais [é o que mais tem, apenas procure, e descubra!]. Sejam estes, online ou "pessoalmente", respondendo algumas questões, sempre acaba por te dar uma certa luz, ao menos, sobre o gênero que você poderá seguir. 

Encerro por aqui com uma frase que me clareou as ideias: Sempre, sempre, lá no fundo, existe uma profissão que você sempre quis seguir, e sempre soube. Mas à esta, você não dá a atenção devida. Você se esquece que existe, e você se frustrará se não a segui-la. Ouça você mesmo. Você te dá sinais sobre seu próprio futuro. 

VEJA TAMBÉM

0 comentários