UM MEGA PROJETO ARQUITETÔNICO SAIRÁ DO PAPEL EM 2013 - VEM AÍ O TEATRO-GLEBA

Há anos a direção escolar e os arte/educadores alimentam o sonho de termos um auditório especial para as artes e para as mais diversas apresentações culturais em nosso complexo escolar. 

Esse ano com certeza a ideia, enfim, vai sair do papel.
O mais importante: Por muitas mãos e mentes, de muitos, inclusive de ex-alunos.

Não é de hoje que a E.E. Parque Continental Gleba I é um referencial em cultura, hajam vistas os intercâmbios internacionais, representações em congressos de arte pelo mundo, exposições no hall da escola, intervenções, esse blog cultural e grandes eventos como o OSCAR, VIRADA CULTURAL, etc.

Temos muito o que mostrar e produzir, temos estudantes bastante envolvidos nesse sentido, merecemos um palco novo, maior e mais multicultural para receber outros grupos.

O diretor Carlos já angariou a verba necessária para a obra, os arte/educadores estão planejando estratégias de inauguração, o Professor Luiz tem mediado essas ações e a planta arquitetônica da grande OBRA está sendo feita pelo ex-aluno Felipe Siqueira.

Estudante universitário Felipe Siqueira em aula na faculdade
O Felipe, ex-aluno, brilhante, muito dedicado, faz como tantos outros que mesmo concluindo o Ensino Médio, não abandonam a escola em que se formou como cidadão; retorna para retribuir de alguma forma. Estudante do curso de Arquitetura da Universidade Paulista - UNIP ele tem feito esse trabalho voluntário para a nossa escola.

Ainda sem nome definido; o teatro do Gleba certamente abrigará espetáculos, intervenções, saraus de poesias e uma vasta programação dos estudantes da escola, professores e espaço aberto também a comunidade.

Aliado a essa iniciativa de construção do nosso auditório, está o projeto de formação teatral, muito provavelmente iniciado ainda no primeiro semestre, fora do horário de aula, coordenado por mim, mas construído por muitos.

Diversas já foram as ações da Trupe Ortaética em solo "Glebístico" e o reverso também acontece; muitos alunos estudam teatro na minha companhia teatral na Zona Norte de São Paulo, portanto, está mais do que na hora de nossa escola ter um espaço desse nível que se projeta como mais um diferencial do GLEBA.

Que os Deus Teatrais nos iluminem com a luz da arte por toda vida!
Evoé, alehop!!!

Tiago Ortaet


VEJA TAMBÉM

2 comentários