Piquenique e lançamento do Livro "Narrativas de Educação Artística" na Universidade de Belas Artes

Acaba de se encerrar a festa de lançamento do livro coletivo "À procura de renovação de estratégias e narrativas sobre Educação Artística" do qual faço parte; organizado pelos professores Catarina S. Martins, Manuela Terrasêca e Vitor Martins na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e publicado pela editora Gesto Cultural.

O livro possui textos de pesquisadores e investigadores de várias partes do mundo, contando experiências do que no Brasil nomeamos de "Arte/Educação". A propósito, nessa tarde, tive a honra de encontrar a maior referência em Arte/Educação do Brasil Professora Doutora Ana Mae Barbosa, que sempre muito afável, me apresentou a professora Portuguesa Elisabeth a quem conversei por grande tempo.
Eu, Professora Elisabeth de Portugal e Professora Adriane Camilo de Goiania (Brasil)
Esses textos retratam reflexões posteriores ao que foi muito debatido no I Encontro Internacional de Educação Artística em Cabo Verde; ocasião em que tivemos grandes debates e explanações.

O lançamento também integra a Feira do Livro da universidade que prosseguirá durante a semana.
 
O banquete gentilmente servido pelos organizadores foi degustado pelos jardins da Faculdade de Belas Artes, onde os colegas do Brasil, Portugal, Moçambique, Angola, Espanha, Timor, dentre outros tantos puderam conversar sobre suas expectativas para esse encontro.

Esse foi o ponto de partida para mais uma edição do EIEA, que se inicia amanhã a partir das 8h. Promessa de articulações de muitos pensamentos sobre o ensino de artes.

Eu falarei na quarta-feira no grupo de número vinte e quatro. Até lá há muitas palestras e oficinas a acompanhar; principalmente a fala de abertura de Ana Mae Barbosa, Fernando Hernandez e demais convidados.

VEJA TAMBÉM

0 comentários