QUANTO DE ARTE EXISTE NUMA AGREMIAÇÃO DE ESCOLA DE SAMBA???

Um tema acerca de milhões de possibilidades estéticas - assim é o reino do carnaval brasileiro, mais tipicamente das agremiações de escolas de samba do Rio de Janeiro e São Paulo que tradicionalmente contam belas histórias na avenida. Aí eis a pergunta: Quanto de arte existe nesses espetáculos apresentados??? 
Chamado de Grêmio Recreativo e Cultural e Escola de Samba essas entidades são respeitadas pelas suas histórias e acima de tudo pela garra de suas comunidades. 
Desenhos das alegorias, dos carros alegóricos e fantasias, maquetes, gigantes esculturas, vestimentas como figurinos de teatro, coreografias quase como corpo de baile, que exploram desde danças das cortes até danças africanas; encenações com grupos de teatro em plena avenida, uma verdadeira orquestra popular com os instrumentos da betaria, letras que em muitos casos são belas poesias, alusões à personagens clássicos da história da arte ou simplesmente da humanidade... Enfim, não há quase nada de arte no carnaval... Tiago Ortaet 










VEJA TAMBÉM

0 comentários