PERCEBER O COTIDIANO E AS INSTITUCIONALIZAÇÕES DOS ESPAÇOS - OLHARES QUE ANALISAM - AULA DE ARTES - PESQUISA DE CAMPO 2013







 "uma reflexão do professor Dermeval Saviani sobre o
conceito de Instituição. A palavra é de origem latina e apresenta uma variação de
significados que podem ser agrupados em quatro acepções:
 Na primeira acepção: disposição; plano; arranjo - é a ideia de ordenar e articular o que está disposto. Na segunda acepção: instrução; ensino; educação - contém a própria ideia de educar. A terceira acepção: criação; formação - refere-se tanto à construção de objetos tal como na produção técnica ou artística,  como na criação e formação de seres vivos. E a quarta acepção: método; sistema; escola; seita; doutrina - retém a ideia de coesão, de aglutinação em torno de procedimentos e fazeres (método); de determinados elementos distintos formando uma unidade (sistema); e de idéias compartilhadas (escola,
aqui, no sentido de um grupo de indivíduos reunidos em torno de um mestre ou de uma orientação teórica, como nas expressões “Escola Filosófica”, “Escola de Frankfurt”, “Escola dos Annales”); de uma crença e rituais comuns (seita); ou de um conjunto coerente de idéias que orientam a conduta (doutrina).  Mas, mesmo perante a diversidade dos significados da palavra instituição, ela guarda a idéia comum de algo que não estava dado e que é criado, organizado, ou, constituído pelo homem e que por isso, por ter sido criado pelo homem apresenta-se como uma estrutura material que é constituída para atender a
necessidades de caráter permanente. E por isso a instituição é criada para permanecer" Trecho de uma resenha dos pesquisadores Cézar de Alencar Arnaut De Toledo e Maria Madalena Sorato Gullada da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP FONTE: http://www.histedbr.fae.unicamp.br/revista/edicoes/29/res01_29.pdf










VEJA TAMBÉM

1 comentários