PERCURSO - CAMINHO - TRAJETO - ROTA - TRILHA - ROTEIRO... CAMINHEMOS EM BUSCA DO SABER


ROTEIRO DE ESTUDOS - PROJETO DE ARTE CONTEMPORÂNEA                                 

ENSINO MÉDIO

“MANIFESTUS – o que me habita”                               

Professor Tiago Ortaet – 2016  Obs.: Pinte a bolinha correspondente àquela atividade que você já tenha realizado.

o   Panorama de associações em sala de aula acerca do tema-disparador “SIMBOLOS”
o   Orientações do professor sobre semiótica. Ler texto de referência em www.continentalcultural.blogspot.com
o   Desafio do papel em branco – explorar forma e conteúdo (criar contexto para o objeto criado) expor o projeto em sala de aula através da oralidade
o   Transpor a oralidade apresentada para o papel – no caderno de artes
o   “EU SOU O LUGAR SOU EU” parte da instalação da exposição “E...ternos” do professor Tiago Ortaet apresentada em sala de aula. Composição de poesia onde o tema é você e seus labirintos.
o   Ouvir a canção “Vamos Celebrar” de Oswaldo Montenegro
o   Reescrever seu texto.
o   A partir do conteúdo do seu texto poético-biográfico transformar as palavras em materialidade. Numa caixa, com tampa. Seja criativo, personalize, invente, crie!
o   Refletir sobre a frase “Viver é isso: Ficar se equilibrando o tempo todo entre escolhas e consequências” Sartre. Você sabe quem é esse pensador? Pesquise!
o   Visitar o Museu da Pessoa em São Paulo. Conheça através da internet.
o   Através da curadoria do professor, preparar a exposição das caixas. Com pontes que liguem uma caixa a outra.
o   Assistir o documentário “O Lixo Extraordinário” do artista Vik Muniz

o  









Lançamento do Livro “MANIFESTUS – o que te habita”






ROTEIRO DE ESTUDOS - PROJETO DE ARTE CONTEMPORÂNEA      

ENSINO FUNDAMENTAL II
                           
“Inquietudes Líquidas”                                                          
Professor Tiago Ortaet
Obs.: Pinte a bolinha correspondente àquela atividade que você já tenha cumprido, realizado.
o   Ler e discutir as páginas de 05 à 12 da referência de imagens e provocações que se encontra no ateliê de artes..

o   Aula teórica acerca da representação simbólica (semiótica) em diferentes linguagens (sala)

o   Ouvir o áudio com a sinopse do espetáculo teatral “PEDRAnoLAGO” da Trupe Ortaética de Teatro Comunitário que se encontra em www.facebook.com/tiagoortaetoficial

o   Criar um panorama de palavras que se associem (remetam) ao nosso tema central: ÁGUA

o   Compor uma tabela com situações positivas e negativas que haja água como suporte, uso ou consequência.

o   Você sabia que aproximadamente 70% do nosso corpo é composto de água”

o   Ouça a canção “O PULSO” do grupo “OS TITÃS” expoente do Rock nacional da década de 80.

o   Pesquise o significado da palavra “Assemblage” e crie uma imagem nesse formato, com profusões de outras imagens, sobre o nosso tema de pesquisa.

o   Fotografe 3 situações distintas com base no tema e traga as imagens no celular para a aula.

o   Desenhe um projeto de maquete (rascunho) em que haja ambiente “tranquilo e favorável” para a proliferação do mosquito Aedes Aegypt.

o   Construa essa maquete em grupo de até 4 pessoas (Não pode usar isopor. Explorar outros materiais)

o   Redija um breve texto a partir da leitura da imagem que você fará da obra “MARULHO” do artista Cildo Meireles. Faça também uma análise objetiva e subjetiva da obra, conforme explicado em sala de aula.

o   Tome um banho de chuva (se possível) e depois grave um áudio contando como foi essa experiência sensorial. Traga o áudio em seu celular para ouvirmos juntos na aula de artes.

o   Em grupo (ou individual) crie uma performance de 30 a 60 segundos sobre a liquidez do corpo, busque referências na internet, escolha uma trilha sonora que você considere apropriada ao tema e apresente em sala de aula.

o   Pesquise a série de obras “Monumento Mínimo” da artista brasileira Néle Azevedo e crie relações para seu processo de criação ou ao menos se inspire!

o   Compor uma poesia a partir da frase “O que é líquido em minha vida pode ser moldado, desaguado, corrente feito água no rio ou como a maré cheia do mar, ondas bravas... Mas o que me submerge pode me afogar”

o   Após todo esse percurso de pesquisas, referências e experimentos realizar trabalho artístico acerca do tema pesquisado, podendo explorar seus diferentes contextos. Pode ser realizado em dupla e se apropriando de qualquer uma das linguagens artísticas.

o   Entregar relatório individual de auto-avaliação do processo de criação realizado. 

VEJA TAMBÉM

0 comentários